Notícias e Eventos


Mentora internacional, Fucapeana dá dicas de como começar a empreender

Publicação: 02/03/2021

Sarah

O empreendedorismo teve algumas mudanças com a pandemia, por isso a expectativa para os próximos anos, caso tudo se estabeleça, é de que ocorra um forte trabalho remoto, a monetização de conhecimentos básicos, além dos ultra-nichos, que estão ganhando força em várias áreas.

Para entender melhor sobre empreender, a Fucapeana Sarah Venturim Lasso, esclarece dúvidas a respeito do assunto.  

No empreendedorismo desde 2012, Sarah é mentora internacional, pós-doutoranda da FUCAPE, doutora em Management Engineering (Engenharia da Gestão) pela DTU - Technical University of Denmark. E, atualmente reside em Copenhage, na Dinamarca. Sarah possui duas startups, é cofundadora da BlueBenu e fundadora da The Valkyrie Endeavour.

“Uma das primeiras coisas é conhecer o mercado, definir quem é o público-alvo e como fazer um MVP [mínimo produto viável]. O desafio é que muito empreendedor entra sem conhecer o mercado, não entende as dinâmicas e não sabe quem é sua persona. Acaba achando que o mercado está saturado e que o empreendedorismo não é para ele”, explica Sarah.

Para pessoas que estão com à vontade de se tornarem donos dos seus próprios negócios, seguem algumas dicas para iniciar o negócio do zero. Veja abaixo:

1 - Entenda o Mercado

Entenda bem o mercado, defina e analise seu posicionamento. Por exemplo: quer vender joias? Vai para o posicionamento de semijoias de luxo ou bijus populares? São posicionamentos de mercado diferentes e com públicos diferentes.

Aproveite que tem muita ferramenta, informação e cursos online gratuitos para conhecer mais o mercado que deseja entrar. 

2 – Área para o empreendedor

Há diversas formas para o futuro empreendedor escolher a sua área de atuação. “As duas formas mais populares são por paixão ou por dinheiro. Tem empreendedor que gosta de trabalhar com as áreas que tem paixão e tem empreendedor que prefere trabalhar com os nichos e subnichos que estão quentes no mercado”, revela Sarah.

3 – Analise o mercado

As pessoas interessadas em empreender devem se preparar e analisar o mercado por meio da pesquisa.

“Pesquise o mercado, os concorrentes, o comportamento do público-alvo. Veja como o mercado está tanto no Brasil quanto no exterior. Com a internet, o empreendedorismo não tem mais fronteiras”, reforça a mentora internacional.

4 – Habilidades empreendedoras do futuro

Sarah pontua quatro habilidades que os empreendedores devem desenvolver e que serão esperadas nos próximos anos: Inteligência emocional, Autoliderança, Gestão de Crise e Análise de Tendências. 

Daniel Alencastre
Comunicação FUCAPE