Notícias e Eventos


Doutorando da FUCAPE compartilha experiências de estudar nos EUA

Publicação: 18/11/2020

Jose Tejeda, aluno do Doutorado Acadêmico em Ciências Contábeis e Administração da FUCAPE, compartilhou um pouco da sua experiência de intercâmbio nos Estados Unidos. O local escolhido para continuar a pesquisa de sua tese foi a Baruch College, localizada em Nova York, nos Estados Unidos.

No início de 2020, pouco antes do avanço da pandemia, o doutorando embarcou para a América do Norte. Neste período, Tejeda viu seus planos mudarem completamente.

“Bom, minha experiência nos EUA se limitou a interação com a faculdade via Zoom. Já em relação ao país tem sido muito tranquilo, pois já tinha morado aqui por um período de seis meses. Hoje, estou morando na casa de familiares [Fonsito e Indira]. Pessoas que agradeço demais”, disse o doutorando.

Tejeda

Para o pesquisador a troca de conhecimento com os professores e alunos da Baruch College tem sido uma oportunidade única.

“Apesar das restrições impostas pela covid-19, a faculdade é excelente, a troca de conhecimento tem sido surreal. As discussões e análises dos papers apresentados nos seminários são de extrema qualidade e estão muito alinhados com o que temos estudado. Eu fui recebido de maneira excelente, tanto pelos alunos quanto pelos professores. Eles são muitos receptivos e muito tranquilos de contatar, receber feedback, etc”, explicou.

Baruch 01 
Baruch College

Congressos

Durante o intercâmbio, os doutorandos têm a oportunidade de participarem de congressos e apresentarem artigos. Para Tejeda não é diferente, ele já moderou duas aulas para a turma de doutorado na Baruch College.

No dia 7 de dezembro, ele apresentará um seminário do paper em que está desenvolvendo na faculdade – o terceiro paper de sua tese.

Com relação aos congressos internacionais, neste ano, Tejeda apresentou um artigo no Congresso Ibero-americano de Contabilidade (Sevilla-Espanha). Ele também possui um trabalho aprovado no Doctoral Colloquium do European Accounting Association, um dos congressos internacionais mais importantes na área da contabilidade.

O doutorando se apresentaria no Doctoral Colloquium no mês de maio deste ano, porém a data do evento foi alterada para o próximo ano, onde ele apresentará no The EAA’s first Virtual Annual Congress.

Inglês

Uma das dúvidas mais recorrentes entre os alunos quando o assunto é intercâmbio, é a adaptação com o inglês. Tejeda nasceu na República Dominicana, possui o espanhol como língua materna e é fluente em português. Apesar isso, não deixou de ter certas dificuldades na adaptação com o inglês.

“Não tem sido muito tranquilo devido que a minha língua é o espanhol [isso já representa uma barreira natural de pensar em inglês]. Além disso, esse fator representa outra restrição: em NY muitas pessoas falam espanhol [é inacreditável a quantidade] e isto pode dificultar a minha evolução no inglês. Por outro lado, na Baruch as turmas são internacionalizadas, onde há professores e alunos de diferentes países [China, Francia, Espanha, Alemanha], e só nos comunicamos em inglês”, disse.

Lições e aprendizados nos EUA

“O processo de gerar uma ideia de pesquisa e polir ela tem sido o aprendizado mais importante que eu tenho adquirido na Baruch. A minha maior lição é quando você está trabalhando em um ambiente onde tanto os professores quanto os alunos se preocupam e te oferecem ajuda, o caminho fica mais fácil de caminhar. Fica mais tranquilo para você gerar e se encaminhar em uma ideia de pesquisa interessante”, concluiu.

Inscrições para o Doutorado Acadêmico da FUCAPE

Estão abertas as inscrições para o Programa do Doutorado Acadêmico da FUCAPE. Para saber mais, clique aqui e acesse.

Daniel Alencastre
Comunicação FUCAPE