Com Selic em dois dígitos, o que acontece com o crédito e os investimentos? – A Gazeta / Prof.ª Dr.ª Neyla Tardin

Em janeiro de 2021, o juro básico (taxa Selic) estava em 2,2% ao ano, um patamar histórico. Um ano depois, o indicador bate de novo dois dígitos, chegando a 10,75% ao ano, taxa anunciada pelo Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom), no último dia 2 de fevereiro.

A Selic sobe para conter a inflação, uma onda mundial estimulada pela descarga de auxílios às famílias durante a pandemia e pela dificuldade que a cadeia de suprimentos tem para entregar os produtos na origem, dado o receio de transmissão do vírus nas fronteiras.

Para ler a matéria na íntegra, clique aqui.

Comunicação Fucape

Compartilhe

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Artigos Relacionados

NOTA DE PESAR

Comunicamos, com pesar, o falecimento do Sr. Ernesto Rubens Gelbcke. Gelbcke realizou a aula inaugural do primeiro mestrado da Fucape, no ano 2000. Também foi

Skip to content