Se não lidarmos com problema dos precatórios vai ser muito pior, diz secretário de Guedes – Estadão/ Bruno Funchal

A apresentação pelo governo de uma proposta para parcelar o pagamento de dívidas judiciais da União levou parlamentares de diferentes espectros ideológicos a questionar o compromisso do governo com a manutenção do teto de gastos, hoje a principal âncora fiscal do governo, durante audiência pública com o secretário especial de Tesouro e Orçamento, Bruno Funchal. O secretário, por sua vez, reagiu dizendo que é preciso lidar “bem” com o problema dos precatórios, ou “vai ser muito pior”.

A reportagem do Estadão traz o depoimento completo do Doutor em Economia e professor da Fucape, Bruno Funchal.

Leia aqui. 

Comunicação Fucape

Compartilhe

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Artigos Relacionados

NOTA DE PESAR

Comunicamos, com pesar, o falecimento do Sr. Ernesto Rubens Gelbcke. Gelbcke realizou a aula inaugural do primeiro mestrado da Fucape, no ano 2000. Também foi

Skip to content