EnglishPortugueseSpanish

Na batalha entre Pix e cartões de crédito e débito, veja quem ganha – A Gazeta / Prof.ª Dr.ª Neyla Tardin

Não sei você, mas depois do Pix, sistema de pagamentos instantâneos criado pelo Banco Central brasileiro em 2020, eu passei a usar menos cartão. Antes eu usava o cartão para pagar gastos menores e recorrentes. Agora, via Pix, na hora e ali mesmo na loja, pela leitura de um QR Code, pago os valores e vejo o saldo da conta corrente cair no app do banco instantaneamente.

É inquestionável o papel democratizador do Pix. A liquidez, capacidade que o Pix tem de transformar transações rapidamente em caixa, é o principal trunfo da ferramenta. O Pix contribuiu para a bancarização dos brasileiros (claro que tudo é endógeno demais, a pandemia e a injeção de auxílios às famílias têm sido o grande vetor de digitalização dos serviços bancários).

Para ler a matéria na íntegra, clique aqui.

Comunicação Fucape

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Artigos Relacionados

ESPÍRITO SANTO
Avenida Fernando Ferrari, 1358, Boa Vista, Vitória – ES, CEP: 29.075-505
Rio de Janeiro
R. da Assembléia, 100 – Centro Rio de Janeiro /RJ – CEP: 20040-007
BRASÍLIA
Pátio Brasil Shopping – Asa Sul, Brasília – DF, 70740-610
MINAS GERAIS
Rua Leopoldina, 607 A, Santo Antônio, Belo Horizonte/MG – CEP: 30330-230
MARANHÃO
Av. dos Holandeses, 1166-1184 – São Marcos, São Luís – MA, 65071-380

Fucape Pesquisa e Ensino SA – 06.105.333/0001-61 | Fucape Fundação de Pesquisa e Ensino – 03.812.374/0001-08 | Instituto Fucape de Tecnologias Sociais – 20.317.623/0001-08

Skip to content