Pandemia deixa a comida mais cara e preço pode subir mais. Entenda – A Gazeta / Prof. Dr. Felipe Storch

Entre março do ano passado e fevereiro deste ano, as despesas com alimentação e bebidas subiram 17,52% na Grande Vitória sob pressão de itens básicos da cesta de consumo, como óleo de soja (72,34%), arroz (65,39%), entre outros. A matéria foi produzida pelo portal de notícias A Gazeta, no dia 30 de março e contou com a participação do professor da FUCAPE, Felipe Storch. 

Leia a notícia. 

Comunicação Fucape

Compartilhe

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Artigos Relacionados

NOTA DE PESAR

Comunicamos, com pesar, o falecimento do Sr. Ernesto Rubens Gelbcke. Gelbcke realizou a aula inaugural do primeiro mestrado da Fucape, no ano 2000. Também foi

Skip to content